Notícias e Comunicados

Jazz e MPB movimentam público da XV Semana da Música do Basileu França

Publicado em 08/11/2017

Um pocket show, no estilo jam session, marcou a oficina de harmonia, improvisação e prática de conjunto em jazz e música popular brasileira com o musicista Bruno Rejan, na XV Semana da Música do Basileu França.

Atividades de jazz, com exibição aberta ao público, encerraram o terceiro dia da XV Semana da Música do Itego Basileu França. Um pocket show, na galeria de arte, com improvisações – no melhor estilo jam session – e uma apresentação mais ampla, no teatro Basileu França, ambos embalados pela sonoridade marcante do jazz, movimentaram alunos e comunidade, no intercâmbio entre professores do próprio Itego e convidados, que participam da XV Semana. 

“Esse é justamente o objetivo da Semana da Música: promover esse intercâmbio entre alunos e professores, sejam da casa, sejam convidados, para uma troca de experiências e sonoridades, em um verdadeiro passeio musical pelos mais diversos ritmos e experimentações”, conforme explica o coordenador de música do Itego Basileu França, Gustavo Aprígio.

Ele explica que a demanda pelo estudo da música no Basileu é maior do que a instituição consegue ofertar e que, eventos dessa natureza diminuem um pouco a ansiedade de alunos, futuros alunos e da comunidade. “Nesses eventos nós mantemos contato com as pessoas que gostam de música e querem se dedicar a ela. É uma forma de manter acesa a chama, tanto de quem já está estudando quanto de quem ainda pretende ingressar, além de prestigiar nossos professores e os músicos convidados a ministrarem oficinas, shows e atividades”, pontua Gustavo.

Aberta desde o dia 6 de novembro, com apresentações artísticas, oficinas, masterclasses, aulas instrumentais teóricas e práticas, a XV Semana da Música se destacou pelo fortalecimento da música popular brasileira, conforme avalia o coordenador. “Nós percebemos um movimento forte não somente da música de concerto, mas da música popular brasileira. Nós vamos fechar a programação amanhã com um show da banda Pequi, que é um grupo da cidade que já tem uma trajetória, uma história dentro da música popular, e nós conseguimos ampliar bastante o leque para além da prática instrumental para a música de concerto”.

O superintendente executivo do Centro de Educação em Gestão Continuada (Cegecon), José Luiz Gasparini, também avaliou de forma bastante positiva a XV Semana da Música do Basileu França. “Goiás tem muita coisa para mostrar ao Brasil e ao mundo, seja na dança, no teatro, no circo, na música erudita e na música popular. Esse intercâmbio com essa movimentação cultural proporcionada pela Semana da Música só reafirma a posição do Basileu França como polo de efervescência e disseminação da cultura goiana”, considera.

Encerramento
Para você que não participou de nenhuma atração da XV Semana da Música do Basileu França ainda dá tempo! Faz parte da programação desta quinta-feira, 9, uma mesa de debates com quatro músicos que têm presença constante no cenário musical de Goiás. Ney Couteiro, Bruno Rejan, Débora di Sá e Kleuber Garcez vão debater o tema "A realidade da música popular em Goiás - mercado de trabalho". O encontro acontece às 18h, na Galeria de Arte Basileu França, logo após apresentações da Roda de Choro e dos alunos que participaram das oficinas ministradas por Sabah Moraes e Ney Couteiro.

Por fim, o evento será encerrado com show da banda Pequi, às 20 horas, no Teatro Basileu França. A entrada é franca.

Sobre o Cegecon
Além do Itego Basileu França, o Cegecon é responsável pela gestão de mais três Institutos Tecnológicos de Goiás (Itegos Goiandira Alves do Couto/Cidade de Goiás; Jerônimo Carlos do Prado/Goiatuba e Wilson Cavalcante Nogueira/Piracanjuba) e oito Colégios Tecnológicos (Cotecs de Itumbiara, Morrinhos, Pontalina, Itaberaí, Inhumas, Goianira, Senador Canedo e Nerópolis), atuando diretamente em 12 municípios do Estado.

Confira a galeria de fotos: